more from
Geração Perdida de Minas Gerais

Sal Grosso

by Lupe de Lupe

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

    Pacote com capa, contra capa e letras das músicas em pdf.

      name your price

     

  • Disco Sal Grosso
    Compact Disc (CD) + Digital Album

    Disco Sal Grosso com capa de plástico e encarte de papel plastificado com créditos e agradecimentos do disco.

    Includes unlimited streaming of Sal Grosso via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

    Sold Out

1.
2.
02:28
3.
4.
07:04
5.
6.
7.
03:05
8.
9.
02:02
10.
02:20
11.
04:41

about

geracaoperdida.bandcamp.com

Lançamento pelo selo Popfuzz Records. Gravado, mixado e masterizado por Lupe de Lupe e Pedro "Cido" Cambraia no Estúdio Lúmen em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Guitarras por Gustavo Scholz e Vitor Brauer, baixo por Renan Benini e bateria por Cícero Nogueira. Vocais e letras em "Enquanto Pensa no Futuro" e "Pequena" por Gustavo Scholz. Vocais e letras em "Tédio Bom", "Às Vezes", "Alameda das Orquídeas" e "O Que Falta" por Renan Benini. Vocais e letras em "O Sorriso de Chet Baker", "Há Algo de Podre no Reino de Minas Gerais", "Pavimento" e "17" por Vitor Brauer. Guitarras e vocais adicionais na canção "Eu Nunca Fui Ninguém" por Corpo de Baile e Jairo Paes.

credits

released August 20, 2012

tags

license

all rights reserved

about

Lupe de Lupe Belo Horizonte, Brazil

Cícero, Gustavo, Renan e Vitor são uma banda de loud-rock ou noise-pop ou punk experimental de Belo Horizonte. O grupo faz parte do movimento "Geração Perdida de Minas Gerais".

contact / help

Contact Lupe de Lupe

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Enquanto Pensa no Futuro
Nem é tão difícil perceber o que você
Deixou de ser, mas eu insisto
Quanto tempo vai durar?
Quantas meninas eu vou ter de maltratar?

Não há novidades pra quem dorme sem o amor
Nesse tempo é melhor eu me vigiar
Todo dia eu tenho pelo menos
Duas chances de te encontrar

Sempre tão distante e o seu futuro está por vir
Triste e sem motivos, não tem coragem de desistir

E ficar mergulhada nesse poço de vocês
Sem querer é condenada a perder mais uma vez
Mas existe um país, existe um lugar
Existe uma rua, existe uma casa
Existe uma luz que não se apaga

Veja como é lindo a sua cama com outro par
Eu volto a ser menino, você não cansa de conversar
Track Name: Tédio Bom
Um tédio bom o acometeu mas nem esperava
Ter uma mulher, um lugar só seu, quem sabe cova rasa
Tonto embrião que convenceu e cresceu um tolo
Mas antes um na mão que dois no céu, uma fatia ao bolo

Importaria se disser como queria mesmo se puder
Consertar
Suas farroupilhas por dizer o maltrapilho, o engodo
Sem prestar

Um tédio bom o comoveu, mas não valia nada
Não houve ninguém, nem mesmo eu, rindo de suas piadas
Tendo em vista o dom que floresceu em ser um grande estorvo
Fez jus ao peão que envelheceu, morreu, desintegrou

De zombarias soube bem, mas preferia mais zombar também
Pra variar
Receber um olhar, que não desdém, um gesto empático em talvez alguém

Entre má notas, tropeçando em si mesmo, caindo sem honra alguma, se cansou
E deu a volta, não por cima, nem por baixo, mas passou
A ser em feliz
E quem mal o diz, pros raios com o nariz
Track Name: O Sorriso do Chet Baker
Sempre bons amigos
Mas um dia eu te beijei
E me dei a liberdade pra dormir em sua casa

Mas estou cansado
De mulheres de batom vermelho
E que pintam o cabelo

Há sempre uma dúzia
De motivos pra se fazer nada
E sempre um pra se fazer alguma coisa

Porque você quer
Track Name: Às Vezes
Na quarta eu não vou podar
As flores do jardim
E no anoitecer

Os talheres vão lhe faltar
E quem sabe se der por mim
Quem sabe adormecer e ver

No seu peito oco sempre guardo
Os sonhos que pedi
A Deus, meu pai, minha filha agüenta
Construo um mundo de retalhos
Remendo os que mantive

Com honra e fria vou me embora
Sem nem me despedir
Eu não me precavi

Com uma recaída nessa hora
Só vou admitir
Que não quero sair não

Em tempos árduos eu confesso
Cogitei desistir
Mas hoje eu sei que foi-se o dia
Em que teu abraço tomou minhas vestes
E confusa eu me ri
Soube no ato o quão queria
Ser tua mulher, tua objeção
Tua musa vai partir
Pois lágrimas não vão ferir

Me perdoe minha flor eu não sei
O que me ocorreu, mas pequei
E me arrependo tanto que deixei
Pra trás minha juventude, eu serei
O homem que coroarás rei
Dos seus domínios
Peço em prantos pra ficar
Canto contos pra espantar
Os desencantos que fui forjar
Peço em prantos
Pra que a mulher em ti possa ver
Que não cabe a mim escolher
Por ser analfabeto e não ler
Track Name: Há Algo de Podre no Reino de Minas Gerais
No dia que eu nasci me veio um anjo torto e disse
que eu ía ser bandarra nessa vida
Que quando encontrar meus semelhantes, que tolice
Ía cair na capital feito um rinoceronte

Pois a província de Belo Horizonte
É conhecida por ter muitas plantas
E, pasmem, algumas até tem bandas
E se dizem que não há amor em SP
Em BH nós o temos de sobra
Mas de que importa esse amor mediano
Esse amor que não convence ninguém

Aqui as pessoas cantam Belchior
Na maior altura e ainda gritam que "o novo sempre vem"
Sendo que eles querem é te adaptar
O que eles querem é que você seja mediano

No quintal de casa tinha um pé de sonho
E ele florescia sem parar
Um dia ele veio abaixo e não satisfeito
O mundo sempre quis me derrubar
Feito um demônio
Então saia do meu caminho
Pois já é tarde pra mudar
Já perdi tantos amores e amizades
Só porquem eu sou, ou por escolhas que somente eu fiz
Que meu coração está sempre em desalinho
E, às vezes, por um triz

Eu toco alto, falo alto, bebo, grito e choro
E meu coração não é mediano e nem é mineiro
Mas talvez por sonhar demais
Meu coração seja Minas Gerais
Track Name: Eu Nunca Fui Ninguém (part. Corpo de Baile)
Eu nunca fui ninguém
Track Name: Pavimento
Eu nunca cantei tão bem
Mas eu canto só pra você
E o que é que os manos dizem sobre nós dois?
A verdade é que eles não sabem de porra nenhuma, merda nenhuma
Sobre nós dois
Ou sobre o que é o amor
Ou sobre outras coisas tão mais bobas

Eu queria ser mais bonito
Pra sair melhor com você
Numa foto ou com seus amigos
As pessoas sempre acham que eu sou feito um livro, denso e chato de ler
E que você está sempre muito enganada
Por um milhão de palavras bem arrumadas

Mas só Deus sabe o quanto eu te amo e o quanto eu amo os nossos segredos
Que guardamos no que um dia eu chamei de meu pavimento
Pois disseram que era sem vida feito um tipo de cimento
Então, meu amor por você é concreto

Mas só Deus sabe o quanto eu sentiria a falta do seu sorriso
E eu não vou te culpar se algum dia você resolver me deixar
Pois quem cola comigo cola comigo
Já nasceu fadado a não ganhar
Track Name: Alameda das Orquídeas
Eu nunca quis
Mas eu parti
Quando me dei
Conta pedi
Pelas minhas intenções
Por meu futuro ardil
Balbuciei
Mas ninguém me ouviu

E naquela tarde
Por tanto alarde
Convém
Não me importar

Minhas ilusões
E fardos mantive
Minhas alusões
De fato menti
Minhas decepções
Se tornaram facilmente
Bordões
Que nunca entendi

E pros que tem sorte
E bens aporte
Mandei meu alô
E pros que tem medo
Ajam cedo e talvez
Em complô
Verei por mais que tardil
Todos podem

Todos poderão
Track Name: Pequena
A quem for do tipo dono da verdade
Um grande dia irá chegar
Vai pedir a desculpas a quem só lhe fez bem
Do seu lado então só restará
Uma tarde cinza de chuva pra pensar
E achar bonito depois que o sol sair

Você vai saber que nunca mais vai voltar
E ainda vai querer o que deixou pra lá
Track Name: O Que Falta
A conheci
E de tolo eu cai
enclausurado, angustiado soube de cor

Mas percebi
De tudo que vivi
Ficou bem claro que embrigado
esqueço melhor

Me disseram pra esperar
Mas não vi motivos pra não tentar
E os que me conhecem sabem que errei
E os que não
Só viram um bobo que apaixonado desconsiderou sua sorte

Respondi sofrendo,
mal fingi
Track Name: 17
Já consigo ver minha casa
Em meio aos barracões de nossas vidas entediadas
E é impossível voltar atrás
E tudo que você e eu fizemos
Que até saiu nos jornais, eu só pensava em beber, eu só pensava em beber
Mas eu ainda me lembro bem
Nas festas nós ouvimos Travellin' Man
E concordamos que a mais bonita das garotas todas ainda era você

Hoje eu ando muito bem
Eu só pensava em morrer quando eu morava em Valadares
Embora eu já nem saiba dizer qual desses lugares que me dói mais
Porque hoje eu vivo tão sozinho
Que o que me faz acordar é simplesmente sonhar
Com essa glória que eu nunca vou ter
Oh, quem me dera eu pudesse voltar
E morrer entre meus amigos
Era o paraíso
Era a porra do paraíso

"I'm leaving on the next plane
I don't know when I'll be back again
Kiss me and smile for me
Tell me that you'll wait for me
Hold me, like you know I'll never go
Even though you know I will
I'm a travellin' man
I'm a travellin' man"